Candidaturas abertas ao programa Formação -acção - AIP - CCI Versão para impressão
Domingo, 01 Maio 2016 09:53

Candidatura aberta ao Programa Operacional Competitividade e Internacionalização (POCI), respeitante ao Aviso N.07/SI/2016, no qual a AIP-CCI é o Organismo Intermédio. No âmbito deste Aviso, as ações de formação-ação têm de ser desenvolvidas nas seguintes áreas temáticas:

 

A.     Organização e Gestão – Objetivos gerais: Qualificar PME para reforçar a sua competitividade e capacidade de resposta no mercado global. Concretizar práticas de inovação organizacional, por via de aplicação de novos métodos organizacionais no negócio ou na organização do local de trabalho (layout). Aplicar métodos de gestão adequados ao contexto global, com enfoque nas áreas Finanças, Estratégia, Produção e Logística Marketing e Vendas e Recursos Humanos.

 

B.      Implementação de Sistemas de Gestão (Qualidade, Ambiente, SST, Inovação ou outros) – Objetivos gerais: Preparar as empresas para a Certificação, segundo referências normativos nacionais e/ou internacionais. Otimizar processos, reduzindo não conformidades e ineficiências. Aumentar a visibilidade das empresas e credibilizar a sua atuação junto dos stakeholders.

 

C.      Internacionalização – Objetivos gerais: Apoiar e capacitar as empresas para o processo de exportação. Desenvolver e aplicar novos modelos empresariais para a internacionalização.

 

D.     Economia digital e Tecnologias de Informação e Comunicação – Objetivos gerais: Incluir as tecnologias digitais no quotidiano das empresas; Inovar na forma de comunicar e no acesso à informação dos stakeholders; Reforçar o posicionamento e notoriedade das empresas à escala global (Universo web).

 

E.      Eco-Eficiência (Eficiência Energética e Utilização Racional de Recursos Naturais)  - Objetivos gerais: Disseminar os princípios de Ecoeficiência e Eco Inovação nas PME; Promover uma cultura de responsabilidade Social e Ambiental, na empresa.

 

F.       Gestão Estratégica – Objetivos gerais: Capacitar os empresários em novos modelos de negócio e competências de apoio à gestão e à inovação aberta que estimulem parcerias e a cooperação empresarial.

 

As PME a intervencionar, em cada projeto, só podem enquadrar-se em mais do que uma área temática desde que devidamente fundamentados os seus efeitos na competitividade da empresa, nomeadamente na adoção de novos métodos e processos organizacionais e tecnológicos.

 

O projecto decorrerá entre 2016 e 2018, com uma duração máxima de 24 meses, de acordo com os seguintes parâmetros:


quadro

 

Se pretender mais informações ou preencher o acordo de pré-adesão, Não perca esta oportunidade, contacte-nos e participe!